terça-feira, 12 de agosto de 2014

SEAPAC realiza reunião com comissões municipais para contrato com a SETHAS

Reunião realizada no município de Bodó
O Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários (SEAPAC) deu início, nesta terça-feira (12), às reuniões com os representantes das comissões municipais de Bodó e Cerro Corá para que comecem as visitas às futuras famílias que serão beneficiadas com as cisternas da primeira água, de 16 mil litros, fruto do contrato 013/2014 com a Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS). Esse contrato vai dar acesso às cisternas de primeira água (P1MC) para 1.204 famílias.
No município de Bodó, o encontro contou com a presença da comunidade local, representantes do governo municipal e da SETHAS, Ana Cristina Bezerra e Guibson Pegado da Silva. O coordenador do Projeto de Convivência com o Semiárido, Damião Santos de Medeiros (SEAPAC), esclareceu os assuntos sobre a realização do projeto na região.
Para o secretário municipal de assistência social, Luiz Lupércio da Silva Junior, essa iniciativa é uma forma de fortalecer a agricultura e proporcionar qualidade de vida para os beneficiados. “Acredito que esse benefício só vem a fortalecer tudo aquilo que a gente preza na nossa região, que é uma água de qualidade para garantir saúde e melhoria para todos”, ressaltou.
Luiz Lupércio ainda afirmou que a adutora apresenta muitos problemas com o abastecimento de água, e isso prejudica a população. “Isso fragiliza a nossa cadeia produtiva e tudo aquilo que diz respeito a agricultura e a qualidade de vida dos agricultores do nosso município”, disse o Secretário.
Reunião realizada no município de Cerro Corá
Durante a tarde, no auditório paroquial de Cerro Corá, a reunião contou com um grande número de pessoas. Elas tiraram as dúvidas a respeito do projeto e discutiram sobre as medidas que serão tomadas para a construção das cisternas na cidade.
Para Marilene Soares Adelino, moradora do Sítio Divisão, localizado na zona rural do município cerro-coraense, essa iniciativa será muito importante para a comunidade. “Isso vai ser muito bom para as famílias que vão receber esse benefício; o abastecimento de água aqui é complicado demais e temos necessidade desse projeto”, afirmou.
Amanhã será realizada mais uma reunião com a comissão municipal, dessa vez será na cidade de Lagoa Nova, pela manhã.

Nenhum comentário:

Postar um comentário