quarta-feira, 4 de junho de 2014

Famílias conhecem quintal produtivo de Zé Pedro e dona Joana

Zé Pedro, mostrando as pinhas (Foto: José Bezerra)
Seu Zé Pedro, falando aos visitantes (Foto: José Bezerra)

Nos dias três e quatro deste mês, 54 famílias de comunidades de São João do Sabugi e de Caicó, que estão tendo acesso às tecnologias de captação e armazenamento de água do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), fizeram uma visita de intercâmbio a três famílias que já dispõem dessas tecnologias (construídas com recursos da PETROBRAS), em comunidades de Lagoa Nova e Cerro Cora, na Serra de Santana, região Seridó do Rio Grande do Norte. As 54 famílias estão recebendo tecnologias sociais de captação e armazenamento de água para a produção de alimentos, através do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econônico e Social (BNDES).

A família visitada foi a de José Pedro da Silva e Joana Francisco Rodrigues da Silva, no Projeto de Assentamento José Milanez, em Lagoa Nova. Lá, conheceram o quintal produtivo de Zé Pedro e dona Joana, que produzem tomate, alface, quiabo, cenoura, coentro, amendoim, além de frutas típicas da região, como cajarana, manga, caju, acerola, pinha romã, banana, seriguela e desenvolvem as culturas próprias do período chuvoso, como feijão, milho, mandioca, entre outros. A família também está desenvolvendo a criação de galinhas caipiras.


Seu José Pedro, na fala aos visitantes, deu uma lição de economia: “Hoje eu já tenho alface, coentro, cebolinha, cenoura e tomate, sem agrotóxicos, sem nada de veneno. Só aqui, no Assentamento, são 39 famílias com cisternas. Imagine quantas são em todo o Brasil. Se todo mundo se unir e produzir, nós vamos baixar a inflação; porque, até há poucos dias, eu comprava verdura no mercadinho; antes, eu telefonava pra saber se tinha chegado verdura; hoje é o dono do mercadinho que liga e eu respondo: agora eu não quero não, porque já tenho”, narrou seu José Pedro.
Quintal produtivo de Zé Pedro (Foto: José Bezerra)

Nenhum comentário:

Postar um comentário