segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Seapac assina contrato para construção de tecnologias sociais no Seridó

O Serviço de Apoio aos Projetos Alternativos Comunitários - SEAPAC, assinou contrato com a Associação Programa Um milhão de Cisternas-AP1MC, para execução do Programa de Formação e Mobilização Social para a Convivência com o Semiárido - Uma Terra e Duas Águas (P1+2) através da implementação de tecnologias sociais de acesso à água para produção de alimentos. O contrato faz parte da parceria inédita com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). 


Serão construídas 320 infraestruturas hídricas para produção de alimentos sendo: 144 cisternas-calçadão, 144 cisternas enxurradas e 32 barreiros-tricheira, nos municipios de São João do Sabugi, Caicó e São Vicente. As famílias selecionadas, deverão está  inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), e também estarem entre as que já têm acesso à água para consumo próprio (Cisternas de 16 mil litros "Primeira água") . A “segunda água” será destinada à criação de animais e à irrigação para o cultivo de frutas e hortaliças.

O acesso à água para produção é parte integrante do esforço de inclusão produtiva do Plano Brasil Sem Miséria e compõe o programa Água para Todos. Além do acesso à água, o programa inclui ainda ações para a capacitação técnica dos agricultores familiares, troca de experiências e acompanhamento da execução dos projetos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário